Rede de Comunicação Brasil-Alemanha começa a ser formada

 

Para iniciar a formação de uma rede de comunicação entre metalúrgicos do Brasil e da Alemanha, oito companheiros brasileiros – sendo três do ABC – estão no país europeu desde o último dia 10.

 

O intercâmbio é promovido pela CNM-CUT (Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT), a DGB (central sindical alemã) e o IG Metall (sindicato nacional dos metalúrgicos da Alemanha).

Até sexta-feira (18), os sindicalistas visitarão fábricas, participarão de fóruns de debate e conhecerão a realidade dos trabalhadores da categoria no exterior.

 

“Quando uma empresa vem para o Brasil, muitas vezes traz problemas que precarizam nossas relações de trabalho. Montando essa rede, podemos nos antecipar e conhecer antes esses problemas”, afirmou Amarildo Sesário, do CSE na Mahle, em São Bernardo, que participa do grupo.

 

Da Região, viajaram com ele o secretário de Relações Internacionais da CNM-CUT e diretor de Comunicações do Sindicato, Valter Sanches, e a integrante do CSE na Mercedes, Cristina Neves, a Cris.

 

Fonte: CNM/CUT







Copyrigth © 2007 Todos Direitos Reservados